E aí! 😉

O episódio de hoje é sobre a primeira versão do curso Cri Cri Cri, que começou apenas como um conceito, depois virou hangout dentro do curso Reaprendizagem Criativa, se tornou uma aula, e agora se transformou em um spin-off, com seu curso próprio.

A data da próxima turma intensiva do feriado do Reaprendizagem Criativa, que terá incluso o curso Cri Cri Cri, será do dia 2 até dia 5 de Novembro.

Para ser avisado quando as inscrições abrirem, registre seu email nessa página!

Nesse episódio, foram capturados 5 insights:

  • “Para criar crianças criativas, tem que criar crianças curiosas, imaginativas, corajosas e apaixonadas.”
  • “A infância é uma preparação para a vida.”
  • “Toda solução criativa surge de uma imaginação.”
  • “Se eu tivesse que dizer uma única palavra que é a variável mais importante para as pessoas serem mais criativas e se diferenciarem, a palavra é; coragem.”
  • “Se eu tivesse que resumir o segredo do sucesso em uma palavra, a palavra seria; liberdade.”

  • Chicken Little

    Opa!

    Vim no carro ouvindo seu podcast e lembrei de um episódio que tu falou da diferença de soltar uma criança num terreno/parque aberto ou em outro com cercado, representando os limites estabelecidos. Alguma coisa assim, não lembro direito. Eu queria ouvir novamente, presar mais atenção dessa vez, mas não sei nem como procurar.

    Com isso eu pensei: por que vocês não fazem a transcrição do áudio e deixam disponível aqui? Ajuda pessoas como eu, que querem relembrar algo falado em algum episódio, e ajuda vocês, já que o texto é indexado no google (e outros buscadores) e podem trazer mais gente para conhecer o trabalho.

    Abraço

  • http://www.projetopotencia.org/ Varlei Xavier Nogueira

    Caramba! Vou falar:

    Se no podcast de 19 minutos, já oferece tanta aprendizagem, fico imaginando o curso. Pirei no episódio, pirei nas reflexões. Fiquei feliz porque percebi que já faço muito do que você fala, em minha prática diária.
    A questão da coragem é realmente algo importante. Estreio um espetáculo hoje do meu grupo de teatro estudantil. A criança/adolescente com mais bloqueios nesse grupo, costuma faltar nos dias de prova na escola, sempre fugindo das responsabilidades. Aquela coisa da superproteção desrespeitosa. Ontem, no ensaio geral, ela quis repetir o mesmo padrão, quando apareceu uma dificuldade numa cena, chegou a perguntar se não era melhor cancelar a pré-estreia. Ela foi ensinada a fugir das situações. Mas no teatro, isso não rola. É preciso enfrentar os problemas ali na cara do público. E é exatamente quando eles se transformam.
    Agradeço imensamente pelo conteúdo, Murilo!
    Beijo na testa.

  • Breno Carvalho

    Queria muito que o CriCriCri fosse ofertado como um curso independente, pois eu gostaria de dar ele de presente para uns amigos que serão pais em breve. =/

GunCast © 2015