A crise, a fé e a Dona Lourdes

Reclamar de Dilma e rezar pra Deus? Essa foi uma coisa que ouvi da Dona Lourdes, uma empreendedora de Recife bem #hardworkpapai. Quem me conhece, sabe que adoro perguntar para as pessoas sobre o que elas pensam da crise. Pergunto para o taxista, para a minha sogra juíza e para um monte de gente que encontro.

Com a Dona Lourdes, tive uma surpresa muito especial. Ela é uma senhora com mais de 60 anos que estava muito emocionada porque o ano estava acabando e todas suas contas estavam em dia. Apesar do saldo positivo, tinha sido um ano duro. Por isso, eu percebi uma forte emoção em cada gesto e palavra.

“As pessoas têm que parar de SÓ ficar reclamando de Dilma ou SÓ ficar rezando para Deus”, disse ela. Destaquei o só porque se a pessoa não se mexer não vai adiantar nada. Acho lindo as pessoas que têm fé e acho legítimo as pessoas reclamarem de Dilma e da crise. Mas só fazer isso não rola, papai!

Reclamar de Dilma é gastar energia à toa com coisas que não controlamos. A inflação, o dólar, os impostos e blá-blá-blá. Não é questão de eu desmerecer essas paradas. O que quero deixar bem claro é que temos que focar nas variáveis que podemos controlar.

Tem que ter ação, tá ligado? Um exemplo é quando fui comprar algumas coisas para a convenção da minha empresa, com o tema Hulk. Fui numas sete empresas e todas (as pessoas que trabalham nelas, claro, rsrs) apenas me responderam de forma automática. Não tentaram entender meu problema.

Apenas Dona Lourdes fez uma leitura das entrelinhas e focou na solução do meu problema. Não se contentou com a resposta óbvia e buscou soluções. Não tinha coisas do Hulk, mas me ofereceu produtos de verde que compunham o ambiente.

O que eu fiz? Comprei com ela, é lógico. Deixei um dinheirinho na loja que, se multiplicado, dá um valor bem legal em um ano. A Dona Lourdes foi a única que realmente me vendeu. Ela trabalhou bem a sutiliza humana com seu jeito especial e se mostrou muito interessada no que eu realmente estava precisando.

O resumo de tudo isso é que uma simples mudança de abordagem pode fazer uma grande diferença. Rezar é massa, reclamar é legítimo. Mas isso tem que ser feito de maneira produtiva. Você vai ficar de brincadeira na tomateira para ser parte do problema ou assumirá o protagonismo para ser parte da solução?

 

Participe

Comente este episódio aqui.
Converse com outros ouvintes no grupo do Facebook: Clique aqui e faça parte do grupo GunCast

Ajude

Se vc gostou do meu podcast, deixe um review no iTunes.
Se vc gostou de ouvir podcasts em geral, indique para os seus amigos.

Insights
– As pessoas têm que parar de só reclamar da Dilma ou ficar só rezando pra Deus;
– Tem que focar nas variáveis que é possível controlar;
– Fé é importante, mas também tem que ter ação;
– Tem que buscar entender nas entrelinhas qual o problema que é necessário resolver;
– É legítimo reclamar, mas desde que busque uma solução;
– Tem que reclamar e ser parte da solução.

Episódios Futuros

– Respostas interessantes;
– Por que utilizei o tema Hulk na minha convenção.

FALOU, PAPAI

Edição: Sancler Miranda
Produção: Renato Ribeiro

  • Filipi Francisco da Silva

    Achei bacana a historia e os insights, vc ja tinha contato pelo e-mail mas pelo podcast fica mais legal. So estou com saudades dos seus podcasts de 30min… faz tempo que seus podcasts vem sendo curtos.. Quando comecou vc falou que 30min era o tempo ideal, mas ultimamente todos tem aproximadamente 10. Nao sei se vc resolveu mudar o tempo ou nao, mas eu curtia os de 30min. Sei que o tempo eh corrido e vc tem suas prioridades mas so estou dando meu feedback aqui. Apesar do tempo o conteudo continua e sempre foi incrivel e de altissima qualidade! Abracos, Valeu papai

    • murilogun

      Opa! Vou tentar pensar em assuntos mais longos. O que acontece é que Ee não defino um tempo. O tempo é acabar o que tenho a dizer. Nunca vou falar mais do que tenho pra falar pra atingir um tempo, nem deixar de falar pra nao atingir um tempo 😉

      • Filipi Francisco da Silva

        Po Murilo, fiquei mto feliz que vc repondeu hahaha . Eu entendi, imaginava que era algo do tipo mesmo. Talvez vc esteja se controlando em nao abrir aqueles parenteses que vc abria antes e ta falando o assunto com mais objetividade, e com alguns temas ,tipo o da dona lurdes, nao tem muito o que enrolar mesmo, acabou a historia nao tem mais o que falar. Um abraco, obrigado pela resposta, mas achei valido te dar um feedback. Conteudo continua sensacional mas fico atualizando o app de podcast 100x esperando vc lancar, e ver um audio de 8min desanima um pouco….

  • Vinicius Nichelli

    “Reze como se tudo dependesse de Deus. Trabalhe como se tudo dependesse de você” – Santo Inácio de Loyola, Fundador da ordem jesuíta

    • Werner Padrão

      Baseado nessa frase a bandeira do Espírito Santo traz os dizeres “TRABALHA E CONFIA”

  • Samara Thaina

    Massa!!! Uma das coisas que me chamam atenção é não ficar reclamando e de certa forma culpando o governo, o país, e as pessoas… Se existe um problema e se fazemos parte dele, então esse problema é nosso! Cabe a nós encontrar uma solução. A frase A CULPA SEMPRE É MINHA, me escraviza, mas ao mesmo tempo me faz não culpar os outros e encontrar meus próprios erros. Dona Lourdes sabe bem como é!

GunCast © 2015