“A poesia absoluta busca o sentido perdido da poesia brasileira. É uma poesia inexata, insensata, inacabada e inacabável.”

Descrição feita pelo próprio Vital Correa de Araújo, escritor de dezenas de livro de poesia absoluta. Poesia essa comparada aos atributos de uma música clássica; sublime e intemporal.

Esses foram os insights capturados durante a interessante conversa entre Murilo e Vital:

  • “Segundo os preceitos da poesia absoluta, todo poema é inacabado e inacabável.”
  • “Esses poemas que comunicam, são prosas disfarçados em versos.”
  • “A poesia é do reino do invisível.”
  • “A música popular comum, as pessoas se emocionam, porque é uma música prosáica. Enquanto que, a música clássica é sublime, é uma música intemporal.”
  • “Se o mundo não faz sentido, porque a poesia deveria fazer?”
  • “O que faz muito sentido, e é muito lógico, a máquina pode alcançar.”

Links citados no episódio:

Site PoesiAbsoluta: http://poesiabsoluta.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/USINAVCA/

E você, o que achou da Poesia Abosoluta?

Te esperamos no próximo episódio 😉

  • Rafael Oliveira

    Faz todo sentido! Essa teoria precisa ser difundida nas escolas do Brasil pros professores de português/literatura parem de forçar os alunos a tentar entender poesias.

  • Daniel Veloso

    Murilo… quando eu não entendo inglês ou espanhol, mas gosto de uma música… essa música torna-se uma música absoluta?

GunCast © 2015